Facebook

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Pequena Adele. Pequeno Mars.


Com apenas 2 anos e já parte corações com uma interpretaçāo sentida e aparentemente entendida no que respeita ao conteúdo. Uma pequena Adele. Maravilhosa. 
Adoro, principalmente os arranques com mais entrega vocal. 
Tal como este pequenote que encanta com a sua interpretaçāo de Bruno Mars no programa de televisāo de Ellen DeGeneres. 


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

De Porcelana


Hoje abrimos algumas caixas, caixotes embalados muito antigos. No meio da confusão há sempre o que nos surpreende. Encontrei estas três bonecas de porcelana que têm quase a minha idade. Nada acontece por acaso. Parece que estavam à tua espera. Vou dar-lhes banho e perfumá-las. Não vão perder a patine claro mas ficam limpas e só assim deixo que partilhem o espaço contigo. 
Depois escolhemos o nome... Mas o delas... O teu... O teu, meu amor, já temos. 

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Horas A Mais Em 24

Há dias que deviam ter 70 horas e nós umas baterias extra incorporadas. Hoje foram horas a mais dentro das 24. Nāo sei bem como mas acontece, aconteceu. E quem nāo acreditar... As minhas costas provam-no, o meu cansaço também. 
Tenho mesmo de te ir pôr a dormir, meu amor. Também deves estar exausta e isso nāo pode acontecer. 
Desculpem aqueles que nos seguem todos os dias e que esperavam um post umas horas mais cedo mas foi impossível antes. Uma mudança entre māos e mais mil coisas entre os dedos torna-se difícil segurar tudo. Ainda assim faço questāo de nāo falhar e tinha de passar no mínimo para dizer olá a todos os que diariamente nos lêem. A mim e a ela. Agradecemos todos os dias, todas as horas.
Obrigada


terça-feira, 26 de novembro de 2013

Juntas

Os desenhos que mostro hoje sāo resultado do trabalho em conjunto de uma māe, Mica Angela Hendricks, e a sua filha de 4 anos. É incrivelmente perfeito e belo o resultado. A māe, habituada às Artes Plásticas e às ilustrações, desenvolveu uma série de trabalhos que saltam à vista pela sensibilidade e qualidade. 
Olhar estes desenhos faz-me imaginar tardes de outono em casa contigo rodeada de tintas, papeis e telas. Nāo será só comigo tenho a certeza... O avô Carlos se verificar que gostas de pintar e desenhar já se sabe que ficará contigo horas infinitas até tu desistires e pousares os lápis. 
Se gostares tens a quem sair. 
Neste caso sublime a junçāo das duas artistas, pequena e grande, deixa-me boquiaberta.






segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Um Dia Vip



Depois de um dia confuso em que me cansei e te cansei com as coisas chatas da vida: documentos, papeladas, gás, água, emel... Essas coisas. Depois de um dia assim, gostei de abrir as páginas da revista Vip. Ainda sem tempo para ler mas gostei de olhar e pensar que um dia estas fotografias serão mais que fotografias cuidadas, serão recordações nossas deste estado de graça que a vida nos deu e o amor proporciona. 
Estás linda nas fotografias. Um dia talvez digas: - Mas Onde? 
- Na barriga, na barriga grande da mãe.
E perguntarás:
- Mas não se vê lá para dentro?!
- Pois não... Mas sente-se. 
Sente-se. 



           

domingo, 24 de novembro de 2013

Mães Em Tempos Difíceis

Imagens que não precisam de descrição para se ter noção do sofrimento e protecção destas mães. Seja por catástrofe natural, guerra, doença e\ou fome, o mundo não é mesmo um lugar igual para todos. 
Agradeço todos os dias a paz que aqui se vai tendo. 
Oxalá fosse possível termos todos essa paz. 


Fotografia de: Kyoichi Sawada




Fotografia de: Ovie Carter





    Fotografia de: David Burnett



Fotografia de: Finbarr O’Reilly





sábado, 23 de novembro de 2013

A Tua Casa

Meu amor,
Hoje foi o primeiro dia em que rodámos a chave da porta da tua primeira casa. Espero que gostes e que te sintas logo em casa como nós. Quando abrimos um dos armários da cozinha tinham deixado para nós este presente:


Tal como dita a tradição: Azeite, carvão e sal para nos dar luz, calor e alegria. Não nos vai faltar. Não nos vai faltar. 
Sensibilizam-me as pessoas carinhosas. Foi um dia feliz. Será uma vida feliz.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Então Se Eu Sou Uma Princesa


"- Então... Se eu sou uma princesa a minha mãe pode vestir-me de cor-de-rosa?
E posso usar rendas e folhinhos e florinhas... Então... Se eu sou uma princesa vou poder andar com uma tiara de supermercado cheia de brilhantes... E com nenucos e barbies para todo o lado...?" 


Hmmmm... Parece que já estou a ver. Vou pagar caro pelo que fiz a minha mãe passar. 
Ainda me lembro de ser muito, mesmo muito pequena e parar nas montras das noivas mais pirosas e ficar a olhar e a fazer perguntas sem andar nem para a esquerda nem para a direita. De fazer birras loucas porque queria uns sapatos muito muito muito feios cheios de brilhantes. De chorar como se o mundo fosse acabar porque tinha de ir assim ou assado para a escola. De ficar radiante porque finalmente no carnaval podia vestir aqueles brilhos todos e pintar a cara às cores como se fosse uma caixa de aguarelas. De gostar das coisas mais inacreditáveis e feias e achar a maior beleza...

As coisas que me passam pela cabeça... Já me estou a ver: o medo, o terror de passar em frente à montra do vestido de fada cintilante da loja do chinês junto a casa. Aquele que vou conseguir evitar durante uma semana mas que vai ser precisamente esse que a princesa vai convencer alguém a comprar  por ela se ter portado tão bem naquele dia, semana ou momento. O problema vem depois numa tal quarta-feira de manhã por volta das 06.30 ela vai querer ir de fada para a escola... Isto vai acontecer porque cada um tem aquilo que merece. Mãe, minha mãe, é mais do que provável que eu vá pagar tudo o que te fiz passar. Será a verdadeira vingança do chinês. Podes inclusivamente ser a primeira a passar na montra do tal chinês com a pimpolha pela mão e a não resistir aos seus pedidos e encantos com o seu olhar do gato das botas e acabar por me aparecer em casa com a fada brilhante barra cintilante barra ofuscante pela mão no seu vestido de sonho... E agora, pois... Agora, para ti mãe será mais fácil e até te vais rir. Naquela quarta-feira de manhã vou certamente lembrar-me das tuas muitas manhãs, minha mãe. Mas não tem mal, não teve pois não? 
Faz parte e torna a vida mais brilhante e cintilante. 
    

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Para Estares Perto

Hoje cruzei-me com esta imagem. E fiquei com uma vontade imensa de comprar um suporte destes para ti. Para te ter perto... Em seguida aparecem as dúvidas... Será que é perigoso, será que não... Ainda não sei. Devem existir imensas teorias contra... mas a ideia de te ter assim faz-me sonhar. Só se não for perigoso. Claro. 


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

O Mar Do Pedro - Crónica Infantil




Mais umas páginas relíquia de uma crónica feminina bastante antiga. Desta vez com uma crónica infantil O Mar do Pedro. Como o mar do pai...
Adorável. E mais uma capa com a imagem de um bebé da época. As capas na altura variavam entre bebés, crianças e noivas. 
Esta edição ainda tinha uma dica para grávidas relacionada com as varizes:


O tempo pode até mudar muita coisa mas há o que tenha validade através do tempo. Uma história é uma história. Ontem, hoje e amanhã... 
Boa noite e um beijinho especial ao Pai Pedro que ainda não leu a "sua" crónica O Mar do Pedro.  


terça-feira, 19 de novembro de 2013

Mãe Constipada Avó Dedicada


Hoje a mãe está tão constipada que não pode sair da cama. Tenho de ter a certeza que estás bem e que fico bem depressa. A avó tem sido a salvação porque nem força para te fazer sopa eu tenho. Tem sido a avó a tratar de nós o dia todo. Medicação faz-te mal, só pode ser ben-u-on. E de resto entre sopas, chás e xarope de cenoura caseiro lá anda a avó Luxa de um lado para o outro em tarefas de enfermeira. Quem tem uma mãe tem tudo, mas quem tem uma mãe como a minha tem mais que o euromilhões. Também vou estar lá para todas as tuas constipações e tratar de ti como princesa que és, porque és. Porque és meu amor. E quando nasceres vais ver a sorte que tens: uma família com estas avós tem tudo para te fazer ainda mais feliz. Já estou a ver... Nós com a tarefa difícil de pais a ter de te dizer que não de vez em quando... E os avós... Os avós vão estar lá certamente para dizer sim, como é o seu papel de mimar sempre.
Agora espero mesmo que estejas bem aqui dentro. Claro que estás, segundo os doutores a placenta protege-te e não ficas constipada como eu. 

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Crónica Feminina 1957


Ontem, como disse, fui à feira e encontrei vários exemplares da antiga e maravilhosa "Crónica Feminina". Uma verdadeira relíquia. Repleta de artigos, publicidade da época, crónicas infantis, fotonovelas, dicas de moda, enfim... Inúmeras páginas que vistas hoje sāo autênticos documentos. Documentos que mostram a vida da época através de registos muito direccionados às mulheres e às māes daquela altura. Vou partilhar várias curiosidades da "Crónica Feminina" ao longo dos próximos dias. 
Hoje deixo esta capa do número 37 de 1957. Porquê? Porque ia caindo para o lado quando me deparei com esta rapariga de vestido cor de rosa que sou eu sem tirar nem pôr aos 16/17 anos... Assustadoramente igual. Sensaçāo estranha mas com muita graça. 

Onde será que andava eu em 1957 sendo que apenas nasci em 1978? 
Nem tudo o que parece é.    

domingo, 17 de novembro de 2013

Anita Mamã hoje foi à Feira





 Imagens de: Verbo Infantil

Hoje fui à feira e encontrei o primeiro exemplar da colecção da Anita que estou a juntar para ti. Também não resisti e comprei alguns exemplares da crónica feminina mas isso deixo para mostrar depois porque tenho de ler ainda e deliciar-me com as imagens e textos tão antigos. Por hoje fica a Anita e o Dia da Mãe. Para a semana espero encontrar mais exemplares e assim vamos juntando até teres a colecção completa.
A família já está reunida e a colecção vem a caminho. 

sábado, 16 de novembro de 2013

Bebés De Outros Tempos

Gosto sempre de fotografia. Mas mais ainda com marcas do tempo. 
Faz parte do meu imaginário e é uma das minhas grandes paixões. Nāo sāo precisas palavras ou legendas. Sāo história. 






















sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Concertos Para Bebés



Numa visita recente à Casa da Música foi-me apresentado um novo conceito: concertos para bebés. Nunca tinha ouvido falar, confesso. Mas segundo parece já sāo famosos os concertos para bebés da casa da Música no Porto, e nāo só. Em Lisboa também há, vim a descobrir. No C. C. Olga Cadaval em Sintra e no Oceanário por exemplo. O projecto original "Concertos para bebés" teve origem em Leiria pela māo de Paulo Lameiro, chegando inclusivamente a ganhar um prémio importante no Young EARopean Award. 
Visitar a casa da Música em família foi especial. Mais especial ainda quando percebi a sensibilidade que naquele lugar existe em relaçāo às crianças. Também têm salas próprias para babysitting e brincadeiras com instrumentos musicais. Enquanto os pais vāo assistir aos concertos na sala principal, os pequenos filhos ficam acompanhados e entregues à experiência dos mais variados instrumentos musicais, numa sala em que através do vidro conseguem ver os pais e senti-los próximo.

Durante a visita, o guia olhava para mim e dizia: 
- Quero vê-la cá. Fico à vossa espera. 
Ficou prometido. E ainda acrescentou:
- E tem desde já de começar a estimular esse bebé ainda dentro do útero com Mozart e Bach. Nāo gosta? - Perguntava-me ele. 
Nāo expliquei que já ouves muito Mozart. Voltei a ouvir recentemente, por ti, para ti. E com pena nāo expliquei como o meu avô Daniel iria gostar de ouvir aquilo que ele me estava a dizer. Guardei para mim as memórias de infância do avô Dan e da sua música clássica vinda da biblioteca num som que invadia sempre toda a casa. 
Estimular a arte desde cedo é importante, muito importante. A criatividade cresce sempre que cultivada. Na vida quem cria é mais feliz, sempre. O artista pode ser incompreendido mas é na sua arte que encontra sentido e companhia. Nem que seja nessa brutal inquietude artística que vai de projecto em projecto curando as suas dores. Abrindo outras mas evoluindo sempre para uma próxima. Inquietos somos todos, o artista é quem melhor lida com tanta inquietude. 
Digo eu, digo eu. 
Muitos pensam o contrário.    





Novembro de 2013
Casa da Música, Porto

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Hoje: O Grande Dia


O grande dia chegou. Depois de alguns meses sem saber ... Agora sabemos. O mundo achava que seria menina. Pela cautela dos médicos sabia-se que demorava ainda para se ter qualquer certeza. 
Hoje confirma-se... 
Meu amor, és uma princesa.
Somos muitos os que esperam para te ter nos braços. Eu, o pai, a família e os amigos, todos. 
Radiantes por te saber aqui tão perto. Radiantes para te receber e ver crescer.  
Hoje conhecemos um pouco mais de ti. Vimos o teu rosto, os teus detalhes, teus, só teus. E já todos sabemos que inércia não é contigo. Gostamos disso. 

Pois o mundo é de quem se mexe e não de quem fica à espera.


quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Facebook


De hoje em diante o Anita Mamā já tem página do facebook.

https://www.facebook.com/pages/Anita-Mamā/397754983690294?ref=hl

Vamos crescendo juntos. Contigo.




Balão

Hoje ao telefone:
-  Mas como está a sua barriga? 
Hmmm. Como dizer?! Talvez explicar que posso levitar sem balão. Consigo voar sem avião. E... Toco a lua sem foguetão.- Está redondinha, obrigada... Já se nota um bocadinho. 


segunda-feira, 11 de novembro de 2013

De Viagem


Imagem de: Katie Garcha Photography

Este pequeno aviador na fotografia nāo parece nada incomodado com a deslocaçāo. 
E tu também nāo, dentro da barriga cá vens e cada vez a mexer mais.
Uns dias no Porto. Gostamos do Porto. Aparentemente tu também. 

domingo, 10 de novembro de 2013

Ilustrações Catita

As ilustrações catita, ou Catita illustrations, sāo um projecto que vale a pena espreitar.
Principalmente agora para a época do Natal. As propostas que apresentam sāo originais, únicas e absolutamente pessoais. Vejam a página deles do facebook se procuram presentes originais para a família com ilustrações personalizadas e tāo repletas de amor. Desde postais de Natal ou de aniversário a convites, t-shirts, posters e muito mais. Adorável.
Ainda nāo tentei mas deve ser só encomendar, com antecedência naturalmente, pois estes trabalhos dāo imenso trabalho e devem demorar a ficar prontos. É uma questāo de tentar. 
A ideia, o conceito, adorável. 





 Imagens de: Catita Illustrations
https://www.facebook.com/CatitaIllustrations?ref=ts&fref=ts